Criança comendo doce

Quando as crianças podem começar a dar doces

Todos os pais têm uma atitude diferente em relação aos doces: alguém estraga regularmente seu filho com doces e alguém é categoricamente contra. Mas como isso está realmente certo? Quando começar a dar doces ao seu filho e é possível fazer isso? Você encontrará respostas para essas perguntas neste artigo.

Doce: saudável ou ruim

A palavra “doces” significa uma enorme variedade de produtos que contêm uma grande quantidade de frutose e sacarose. Por exemplo, doces, bolos, confeitaria, sorvete, uma variedade de geléias, marshmallows e muito mais. Alimentos que contêm açúcar são essenciais para o corpo. Uma vez que é uma fonte de energia, bem como produtos necessários para a atividade cerebral normal.

A maioria dos doces contém não apenas frutose, mas também outras substâncias úteis para o corpo. Frutos secos, pastilha e marmelada contêm carboidratos e oligoelementos que são facilmente absorvidos pelo organismo. Ao escolher pastilha e marmelada, é melhor dar preferência a doces em tons naturais, pois os produtos brilhantes contêm corantes prejudiciais ao corpo.

O mel é o doce mais saudável. Contém oligoelementos, vitaminas, enzimas e outros compostos biológicos. Tem um efeito anti-séptico e antibacteriano. A imunidade aumenta, mais força aparece. Mas o mel deve ser introduzido na dieta da criança gradualmente e com cuidado especial, pois é um alérgeno forte.

Doces adequados não apenas beneficiam o corpo, mas também causam emoções positivas. As crianças ficam muito felizes em conhecer lindos bolos e uma variedade de doces.

Criança sorrindo e comendo
Criança sorrindo e comendo

Que doces são melhores para recusar

  • Açúcar Na sua forma pura, não traz absolutamente nenhum benefício. Não é necessário adicionar açúcar à comida do bebê para torná-la mais saborosa. Isso é um equívoco. As crianças não estão acostumadas a comida doce, gostam de comida fresca.
  • Bolos, biscoitos e tortas também não são muito úteis, pois contêm grandes quantidades de gorduras, carboidratos pesados ​​e açúcar. A partir disso, o corpo da criança é rapidamente saturado, mas não recebe nada de útil. O uso diário de tais produtos não é permitido. Pode ser limitado apenas a feriados!
  • Atolamento, atolamento e atolamento. Na maioria das vezes, são soluções de sacarose enlatada e suco de frutas ou purê de batatas. Os benefícios de tais produtos estão em grande dúvida, porque contêm uma grande quantidade de açúcar. Você pode usá-los, mas raramente em pequenas quantidades.
  • Candy. Dar doces às crianças é recomendado apenas a partir dos três anos de idade. É melhor limitar o número de caramelos e balas. Eles não trazem nenhum benefício, eles contêm muito açúcar e corantes estão presentes. Doces, se dado, é melhor para o chocolate, pois o chocolate contém vitaminas e antioxidantes que fortalecem o sistema imunológico.

Se você realmente quer dar algo doce ao seu filho, deixe frutas e bagas frescas ou secas, marshmallows caseiros e marmelada caseira, marshmallows caseiros. Tais doces são muito úteis para o corpo e, dando-os à criança, você pode ter certeza absoluta de que eles consistem exclusivamente em ingredientes naturais. Tais brindes úteis são preparados de maneira bastante simples, o principal é observar a preparação e a proporção em fases. Qualquer mãe poderá agradar o bebê com esses doces, mesmo sem habilidades culinárias especiais.

Alimentos recomendados
Alimentos recomendados

Quando uma criança pode receber os primeiros presentes

Assim, alguns doces beneficiam o corpo da criança. Agora a pergunta está se formando: “E quando começar a dar doces para a criança?”. A melhor sobremesa doce para introdução de alimentos complementares é a mousse de frutas, que pode ser preparada com frutas e bagas frescas. Você pode inserir esses doces na dieta do bebê após o primeiro ano. Depois, experimente a geléia natural e os marshmallows. Depois de três anos, você pode dar sorvete com uma pequena porcentagem do conteúdo de gordura e bolos de creme. Dar doces para o bebê só é possível depois que ele comer, caso contrário ele interromperá o apetite antes de comer a comida principal.

Uma criança pode facilmente passar sem doces. Desde o nascimento, ele conhece apenas uma comida doce e saborosa – leite materno. Esses pais começam gradualmente a incutir um desejo por chá, mingau, doces e, com o tempo, a criança se acostuma aos doces e começa a exigi-los. O consumo excessivo de doces leva a cárie, o metabolismo pode ser prejudicado. Portanto, não dê doces à criança muito cedo. Chegará a hora e ele definitivamente tentará de tudo, o principal é não se apressar.

Posts created 225

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top